InícioNotíciasSuperbike Brasil: Cesar Barros diz que CBM apresentou documento falso

Superbike Brasil: Cesar Barros diz que CBM apresentou documento falso

O campeonato de 2019 da Superbike Brasil ainda está dando o que falar. Cesar Barros, irmão de Alexandre Barros diz que o documento atribuído ao SENAI e apresentado junto ao STJD era falso.

Cesar Barros soltou o verbo. No último programa Supermotor do canal Band Sports, Cesar disse que se sente triste pois segundo ele: “o esporte que eu gosto está morto no Brasil”.

Cesar Barros deu entrevista no programa Supermotor da Band Sports. Na foto, o apresentador Celso Miranda - de camisa azul - Foto: reprodução Facebook
Cesar Barros deu entrevista no programa Supermotor da Band Sports. Na foto, o apresentador Celso Miranda – de camisa azul – Foto: reprodução Facebook

Cesar disse ao apresentador Celso Miranda que peças que deveriam permanecer intactas na moto de Eric Granado (vistoria solicitada após a 7ª etapa da temporada 2019), na verdade estavam além da tolerância. No caso, as bielas.

Nós citamos essa parte do regulamento no artigo Alexandre Barros anuncia o fim das participações no Superbike Brasil” – inclusive como resposta do Superbike Brasil, juntamente com a CBM.

Cesar postou em várias redes sociais o valor padrão do regulamento e logo abaixo resultado, que ele diz ter sido atestado pelo SENAI. Veja:

Cesar diz que em todas as 4 bielas, o valor de comprimento da peça é maior que o tamanho do regulamento do Superbike Brasil.

A respeito do documento falso, segundo Cesar, a CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) anexou (durante sua defesa no STJD) uma declaração técnica do SENAI dizendo que “apesar da pequena diferença no tamanho da peça, isso em nada alteraria a potência da moto”. Ele entrou em contato então com o SENAI que, segundo ele, disse desconhecer a existência de tal declaração.

camisetas de motociclismo

Além disso, durante a entrevista, Cesar diz que independentemente de ganhar ou perder potência, o tamanho da biela estaria errado e portanto, fora do regulamento.

Confira a entrevista completa:

[arve url=”https://www.facebook.com/cesar.barros1/videos/10157058353414506/” align=”center” title=”Cesar Barros – Superbike Brasil” maxwidth=”750″ /]

O que dizem os envolvidos

O Superbike Brasil já havia soltado um comunicado no dia 12/12 dizendo que “documentos podem ter sido anexados ao processo indevidamente”. Porém ressaltando que faltaria apenas a assinatura dos responsáveis pelos laudos, não sendo por esse motivo, falsos. Veja a íntegra da nota, assinada por Bruno Corano:

“A CBM – Confederação Brasileira de Motociclismo

Ref.: Em resposta à solicitação de esclarecimentos em relação ao conhecimento de documentos relacionados ao processo envolvendo os pilotos Eric Granado e Alexandre Barros, a Organização do SuperBike Brasil esclarece.

Como já é sabido, na 7ª etapa da temporada 2019, ocorrida na cidade de Goiânia (GO), a Organização de Prova recebeu a solicitação recursal por parte do piloto Alexandre Barros para que a moto de Eric Granado fosse vistoriada.

Seguindo o regulamento técnico, todos os procedimentos descritos foram cumpridos, e o corpo técnico do SuperBike Brasil, em conjunto com comissários da CBM e membros das partes envolvidas, acompanhou todas as etapas do processo, sendo elas: a retenção da motocicleta; transporte monitorado e vistoria no SENAI (SP).

Após a publicação do relatório de vistoria pelo SENAI, a CBM elaborou seu relatório final amparado pelo relatório do SENAI, o qual dava perda de causa ao piloto protestante Alexandre Barros. Fazendo uso de seus direitos, Alexandre Barros ingressou com uma ação no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), com o objetivo de questionar a decisão da Confederação.

Após novo julgamento, mais uma vez a parte proponente não teve ganho de causa, tendo em vista a consistência e detalhamento de ambos relatórios emitidos e assinados pelo SENAI e CBM, e amparados por inúmeras fichas técnicas da FIM – Federação Internacional de Motociclismo.

Cumprindo seu papel de promotor, a Organização do SuperBike Brasil registra ter participado em diversas etapas deste processo, provendo informações e esclarecimentos, por meio de seu grupo técnico de trabalho, aproximando partes envolvidas e elaborando inclusive diversas sugestões de textos técnicos, prática comum entre as partes envolvidas. Porém, ressalta que a organização do SuperBike Brasil não era parte (autora ou ré) da ação em discussão, não estando diretamente ligada à elaboração e defesa da causa ou contratação de advogados.

Dos documentos que foram tomados conhecimento, reconhecemos a possibilidade de que no trânsito de demandas e documentos entre as inúmeras partes envolvidas — SENAI (SP), CBM, advogados, SuperBike Brasil —, algum documento elaborado em caráter de sugestão/rascunho a ser avaliado pelas partes envolvidas para compor a defesa, possa ter sido anexado ao processo indevidamente, já que não tinham sido colhidas as assinaturas.

Entretanto, isso não faz com que o documento seja falso. A falta de assinatura apenas determina que o texto ali proposto não havia sido “ainda” chancelado pelas partes envolvidas. Não obstante, acreditamos que esses documentos em questão em nada interferiu no curso do julgamento.

Por fim, a Organização registra que as custas recursais não foram pagas pela parte protestante, o que conforme condições regulamentares do campeonato, homologadas pela CBM, anula e cancela a vistoria, seus desdobramentos, assim como qualquer propositura, questionamento ou reinvindicação em relação ao tema.

São Paulo, 12 de dezembro de 2019.
Bruno Corano – SuperBike Brasil”

……………

Deixamos claro que o espaço de tudodemotos.com.br está aberto à CBM, Superbike Brasil ou Eric Granado, caso tenha qualquer esclarecimento ou declaração a respeito desse assunto.

Esperamos que as coisas sejam resolvidas da melhor forma possível para o bem do esporte.

Junior Rodrigues
Junior Rodrigueshttps://tudodemotos.com.br
Um cidadão que luta para vencer. Web designer, desenvolvedor web e editor ao mesmo. Já fui radialista, publicitário e até metalúrgico metaleiro. Acabei entrando e abraçando o mundo 2 rodas por influencia do meu irmão mais velho.
RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

MAIS ACESSADOS

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.