InícioMarcasKawasakiKawasaki Z500: uma naked furiosa é apresentada no Salão de Milão 2023

Kawasaki Z500: uma naked furiosa é apresentada no Salão de Milão 2023

A Kawasaki está apresentando no EICMA 2023, a volta do modelo Ninja 500 e a naked Z500. Ambos os modelos compartilham o mesmo motor. Os modelos, são evoluções da Ninja 400 e da Z400, que temos por aqui. Por coincidência, os modelos foram revelados logo depois que a Honda apresentou a CB500 Hornet e a CBR500R. Enfim, vamos aos detalhes da Kawasaki Z500.

Kawasaki Z500
Kawasaki Z500

Kawasaki Z500 é apresentada no Salão de Milão

A Kawasaki Z500, apresenta-se com um estilo agressivo, impulsionada por um novo motor bicilíndrico refrigerado a líquido de 451 cc, com 45,4cv de potência a 9.000 rpm e 4,3 kgfm de torque a 6.000 rpm.

Esse motor deverá ser o mesmo que teremos na aguardada Eliminator 450.

Equipada com câmbio de 6 marchas assistida e deslizante. Segundo a própria Kawasaki, o consumo médio é de 26,3 km/l.

Quadro da Kawasaki Z500 compartilhado com a Ninja 500
Quadro da Kawasaki Z500 compartilhado com a Ninja 500

Quer Ficar por dentro do mundo Duas Rodas?
Entre para o nosso Grupo de Whats!

O modelo ganhou um quadro leve do tipo treliça, que também é compartilhado com a Ninja 500.

Equipada com um painel de instrumentos TFT colorido com conectividade para smartphones através do aplicativo Kawasaki Rideology, com uma tomada USB-C.

Freios com disco de 310mm (diâmetro) na dianteira e sistema ABS.

A Kawasaki Z500 também estará disponível na versão Special Edition (SE), com um tipo de pintura diferente e a adição de uma sub-carenagem. A versão Z500 SE poderá incluir como acessórios adicionais uma cobertura do painel de instrumentos escurecida, proteção de radiador, sliders de proteção, cobertura do assento do passageiro entre outros “mimos” exclusivos.

Especificações completas e preços ainda não foram divulgados. Apesar disso, acreditamos que virá sim para o Brasil até 2025.

Junior Rodrigues
Junior Rodrigueshttps://tudodemotos.com.br
Um cidadão que luta para vencer. Jornalista, web designer, desenvolvedor web e editor ao mesmo. Já fui radialista, publicitário e até metalúrgico metaleiro. Acabei entrando e abraçando o mundo 2 rodas por influencia do meu irmão mais velho.
RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS ACESSADOS