InícioMarcasVoltzVoltz motos elétricas está sendo despejada? Entenda o caso.

Voltz motos elétricas está sendo despejada? Entenda o caso.

Em maio de 2022, a Voltz motos elétricas inaugurou a sua planta de 11 mil metros quadrados em Manaus. Praticamente 1 ano depois, a empresa enfrenta uma ação de despejo de sua fábrica.

A Voltz Motos Elétricas é alvo de uma ação de despejo em Manaus.
A Voltz Motos Elétricas é alvo de uma ação de despejo em Manaus.

O que aconteceu com a Voltz Motos Elétricas?

A Voltz Motos Elétricas, há um ano atrás surpreendeu a todos com o anúncio de sua nova fábrica. A empresa vinha numa crescente, chegando fechar contratos com o IFood e com a Awto, uma plataforma chilena de mobilidade de compartilhamento de veículos.

Aparentemente, o único caminho era realmente o crescimento, já que, junto com a nova planta em Manaus, aconteceu também um investimento de R$ 12 milhões de Reais, para a construção da fábrica. Antes disso, em 2021, já havia recebido um aporte de R$ 100 milhões de Reais, sendo a maior parte atribuído à Creditas.

No entanto, as últimas notícias não são tão boas. A empresa está enfrentando ação de despejo em sua fábrica em Manaus.

Segundo informação do site Capital Reset, a Voltz deve cerca de R$ 2,5 milhões em aluguéis atrasados ​​e outros encargos relacionados ao imóvel. A proprietária da planta, Manaus III do Brasil, moveu uma ação de despejo contra a empresa, com data do dia 17 de abril de 2023.

EVS - Voltz Motos Elétricas
EVS – Voltz Motos Elétricas

Planos de aumentar a produção em 7 vezes

Um dos maiores objetivos da Voltz no ano passado era justamente produzir 15.000 motocicletas por mês, 180.000 por ano. Numero 7 vezes maior do que a Voltz produzia até então. Naquele momento, a empresa já enfrentava um número alto de reclamações pelos atrasos nas entregas de suas motos.

O plano era de sanar todos os atrasos das entregas até outubro de 2022. Ao que tudo indica, os atrasos infelizmente continuam acontecendo, a julgar pelas mais de 2100 reclamações no site Reclame Aqui.

Ainda segundo a reportagem, a Voltz diz ter um ótimo relacionamento com a empresa administradora do galpão e que continua o trabalho de produção normalmente. Não existe nenhum depoimento direto da Manaus III do Brasil, nem mesmo se realmente a ação de despejo se refere especificamente à planta de Manaus.

Triciclo Voltz Miles: Carrega em qualquer tomada comum
Triciclo Voltz Miles: Carrega em qualquer tomada comum

Quer Ficar por dentro do mundo Duas Rodas?
Entre para o nosso Grupo de Whats!

Os lançamentos ainda devem acontecer?

Em novembro de 2022, havia a expectativa lançamento  de pelo menos 5 novos modelos de motos elétricas pela empresa: uma Racing (esportiva), uma nova Scooter, uma Big Scooter, um novo modelo Street mais encorpada e uma Big Trail elétrica.

Apesar dos problemas virem à tona, a Voltz ainda tem um futuro promissor. A empresa tem um modelo de negócios sólido e oferece motos de alta qualidade. Além disso, a demanda por motocicletas elétricas está crescendo em todo o mundo, e o mercado brasileiro não é exceção.

A empresa tem uma oportunidade única de se destacar no mercado de motocicletas elétricas e liderar a transformação do setor para um futuro mais sustentável.

O nosso espaço está aberto para todo e qualquer esclarecimento, tanto por parte da Voltz Motos Elétricas, quanto da empresa Manaus III.

Junior Rodrigues
Junior Rodrigueshttps://tudodemotos.com.br
Um cidadão que luta para vencer. Web designer, desenvolvedor web e editor ao mesmo. Já fui radialista, publicitário e até metalúrgico metaleiro. Acabei entrando e abraçando o mundo 2 rodas por influencia do meu irmão mais velho.
RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

MAIS ACESSADOS

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.