quarta-feira, 12 junho 2024
English Portuguese Spanish

Hospitais classificam acidentes com motos em SC como ‘epidemia’

Do G1 SC

De 10 acidentados que chegam aos hospitais, 6 pilotam motocicletas.
Demanda tão grande vem prejudicando outros setores das unidades.
Hospitais classificam acidentes com motos em SC como 'epidemia'
Foto: Camila Oliveira
Os acidentes envolvendo motocicletas já são considerados uma epidemia em Santa Catarina. Conforme apurado pela reportagem da RBS TV, de 10 acidentados que chegam aos hospitais, 6 dirigem motocicleta. Em 2014, o estado registrou 3.966 feridos e 135 mortes em acidentes com motos nas rodovias federais.
Muitas vezes, o motociclista não tem culpa, não foi ele que errou. Porém, mesmo quando ele agiu da forma correta, mas se envolveu num acidente, em 99% dos casos, é este motociclista que vai se machucar”, informa o chefe de comunicação da Polícia Rodoviária Federal, Luiz Graziano.
No hospital Regional de São José, na Grande Florianópolis, referência em ortopedia e traumatologia, os acidentes com motociclistas já viraram uma epidemia, segundo o diretor da unidade, Pedro Araújo. “Todos os dias, todas as horas, a hora que você chegar, independente do dia, você vai encontrar paciente acidentado que dirigia moto. É uma epidemia”, relata Araújo. 

Demanda crescente

Mais de um terço do orçamento de R$ 1,3 milhão do Hospital Celso Ramos, na capital, é gasto somente com pacientes envolvidos em acidentes de motocicleta. “Pra uma só especialidade, o trauma, gastar um terço do hospital desse tamanho, é muita coisa.”, relata Libório Soncini, diretor da unidade.
E esta demanda tão grande já começa a afetar pacientes de outros setores no Hospital Regional de São José. Os acidentados são tantos, que não sobra tempo para outros tipos de cirurgia. “É uma angústia pra todos. Você chegar pro paciente “olha, sua cirurgia não vai ser realizada porque chegou uma emergência”, conta o diretor da unidade.

Referência em ortopedia

Pacientes de todo o estado vêm à região da Grande Florianópolis para buscar atendimento em um dos dois hospitais. Este é o caso do Leandro Abraão, que viajou de Joaçaba à capital e não conseguiu fazer a cirurgia.
Isso acontece porque Santa Catarina conta apenas com estes dois hospitais como referência na área de ortopedia. “Mesmo que a pessoa tenha dinheiro, que queira pagar, não adianta. Ela vai ter de vir pro Hospital Celso Ramos ou pro Regional de São José”, explica Soncini.
Link da Reportagem:
Junior Rodrigues
Junior Rodrigueshttps://tudodemotos.com.br
Um cidadão que luta para vencer. Web designer, desenvolvedor web e editor ao mesmo. Já fui radialista, publicitário e até metalúrgico metaleiro. Acabei entrando e abraçando o mundo 2 rodas por influencia do meu irmão mais velho.

Relacionados

Deixe uma resposta

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.