InícioMarcasDucatiDucati Diavel Bentley: 170cv em Edição Limitada por Quase Meio Milhão de...

Ducati Diavel Bentley: 170cv em Edição Limitada por Quase Meio Milhão de Reais; Conheça

A Ducati, em parceria com a Bentley, lança a edição especial Ducati Diavel Bentley, uma união luxuosa entre as duas marcas que estão sob a mesma direção: a Volkswagen.

Ducati Diavel Bentley Batur Edition
Ducati Diavel Bentley Batur Edition

Ambas as marcas, Ducati e Bentley, fazem parte do conglomerado Volkswagen, e esta colaboração resultou em uma edição especial que combina a sofisticação britânica com a ousadia italiana. A Diavel Bentley Batur presta homenagem ao elegante cupê de ultra luxo da Bentley, conhecido por ser a marca oficial dos membros da Família Real.

Design com Toque Bentley

A Diavel Bentley Batur Edition destaca-se por seu design imponente e luxuoso, incorporando a distinta cor Scarab Green da paleta de cores da Bentley Mulliner, a renomada divisão de personalização da Bentley.

O para-lama dianteiro, a carenagem e a parte superior do tanque foram habilmente modelados para lembrar as nervuras elegantes do capô dianteiro do Bentley.

A carenagem em fibra de carbono confere à Diavel Batur Edition uma estética exclusiva, com para-lamas, painéis laterais e a rabeta feitos em material leve.

O assento do piloto, revestido em Alcantara preto, é uma extensão do interior do automóvel de luxo. A costura em vermelho, semelhante à textura dos bancos do cupê, adiciona um toque de elegância. O logotipo Bentley bordado na almofada traseira é um tributo à renomada fabricante de automóveis.

Ducati Diavel Bentley Batur Edition
Ducati Diavel Bentley Batur Edition

Motor V4 de 170 cv

Impulsionada por um motor V4 Granturismo 1200 de 1.158 cm³, a Ducati Diavel Bentley Batur Edition oferece potência de 170 cavalos. Acelera de 0 a 100 km/h em menos de 3 segundos, superando em velocidade o cupê de ultra luxo que a inspira.

Edição Exclusiva

A exclusividade da Ducati Diavel Bentley Batur Edition é reforçada pelo fato de que apenas 500 unidades serão produzidas para o mundo inteiro. Estas já são consideradas “populares”, pois a Ducati reserva as “para poucos” exclusivamente para personalização em parceria com a Bentley Mulliner.

Além dos 500 exemplares da Diavel for Bentley, a Ducati apresenta a série limitada Diavel for Bentley Mulliner, composta por apenas 50 unidades. Essas edições exclusivas serão disponibilizadas apenas para os clientes Bentley.

Quer Ficar por dentro do mundo Duas Rodas?
Entre para o nosso Grupo de Whats!

Veja Também:
• Ducati Desert X chega ao Brasil por R$ 97.990
• Ducatistas em festa: títulos na MotoGP e na World Superbike, pelo segundo ano consecutivo
• A moto mais cara do Brasil: Ducati Panigale V4R chega ao país por R$ 690 mil; Conheça
• Ducati Hypemotard 698 Mono RVE 2024 é a moto mais bonita do EICMA 2023. Você concorda?

Ducati Diavel Bentley Batur Edition
Ducati Diavel Bentley Batur Edition

Cada Ducati Diavel Bentley é entregue com um certificado de autenticidade, garantindo a procedência e exclusividade do modelo. O nome do modelo e o número de produção são cuidadosamente gravados em uma placa na tampa de fibra de carbono do cabeçote vertical.

Na questão tecnológica,  painel de instrumentos, é equipado com um navegador passo a passo. Na traseira, luzes em LED acendem ao girar a chave de ignição.

Cada Ducati Diavel for Bentley é entregue em uma exclusiva caixa de madeira personalizada. É muito luxo, não é mesmo?

Ducati Diavel Bentley Batur Edition
Ducati Diavel Bentley Batur Edition

 Ducati Diavel Bentley – Preços

Para os curiosos, ou afortunados interessados, a edição limitada a 500 unidades vai ser vendida a US$ 70.000 (na conversão direta, em torno de R$ 344 mil). Já a edição especial Diavel for Bentley Mulliner para apenas 50 clientes da Bentley, será vendido por US$ 90.000 ou em conversão direta, em torno de R$ 442 mil, na conversão direta, em dezembro de 2023.

Junior Rodrigues
Junior Rodrigueshttps://tudodemotos.com.br
Um cidadão que luta para vencer. Jornalista, web designer, desenvolvedor web e editor ao mesmo. Já fui radialista, publicitário e até metalúrgico metaleiro. Acabei entrando e abraçando o mundo 2 rodas por influencia do meu irmão mais velho.
RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

MAIS ACESSADOS