Roubos de motos luxuosas aumentam em SP

Jornal da Band
Segundo levantamento de empresa de rastreamento, o número de motos roubadas é três vezes maior que o de carros.
Roubos de motos de luxo têm se tornado cada vez mais comuns em São Paulo, não só pelo valor dos veículos, que geralmente são desmontados e têm as peças vendidas ilegalmente. Segundo a polícia, os criminosos procuram este tipo de máquina também pelo status que ganham ao circular com elas.
Neste sábado (11), a polícia prendeu uma três integrantes de quadrilha especializada em roubar motos deste tipo. Dois deles abordaram um motociclista na zona Leste da capital paulista, quando o homem parou em um semáforo. O outro bandido deu apoio ao crime em uma rua próxima.
Durante a fuga, um dos criminosos desobedeceu a uma ordem de parada da polícia. Houve perseguição e o bandido perdeu o controle da moto roubada, batendo em um poste. Os outros dois ladrões foram alcançados pela polícia e presos em seguida.
Todos os criminosos já tem passagens pela polícia. Dois deles são menores de idade e o outro,  que se acidentou, foi internado e está em estado grave. Ele perdeu todos os dentes da frente na colisão.
Os criminosos vão responder por receptação e roubo. A vítima, que já teve duas motos e um carro roubados em um ano, diz que não quer mais andar com motocicletas como essa pelas ruas de São Paulo. 
A Secretaria de Segurança Pública não diferencia os roubos de motos, carros e caminhões. Em 2014, quase 100 mil veículos foram roubados em São Paulo e mais de 500 mil em todo o país. 
Segundo um levantamento de uma empresa de rastreamento, porém, o número de motos levadas é três vezes maior que o de carros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui