InícioNotíciasPikes Peak 2018: Rafael Paschoalin em uma Yamaha MT-09 em busca do...

Pikes Peak 2018: Rafael Paschoalin em uma Yamaha MT-09 em busca do topo

Rafael Paschoalin com a M-T09 - Foto: Felipe Moreira Films
Rafael Paschoalin com a M-T09 – Foto: Felipe Moreira Films

Correndo pela primeira vez com uma Yamaha MT-09, o piloto paulista busca vitória inédita para motociclismo brasileiro no Pikes Peak.

Domingo, dia 24 de junho de 2018, Rafael Paschoalin e sua MT-09 deverão acelerar os corações do Brasileiros. É quando o piloto Yamaha Racing disputará novamente uma das corridas de motocicleta mais emblemáticas e perigosas do mundo.

A subida do Pikes Peak, em Colorado Springs, nos Estados Unidos, é uma lendária competição tão diferente quanto especial, a começar pelo fato de ser centenária, chegando este ano a sua 102ª edição.

O que a torna tão peculiar e famosa, é o fato de ser uma disputa para eleger o piloto mais rápido – entre diversas categorias de motocicletas e carros – a subir uma sinuosa estrada com 20 km de percurso e nada menos que 156 curvas dos mais variados raios. A largada acontece a cerca de 2300 m de altitude e a chegada a mais de 4300 m, fazendo com que o ar rarefeito coloque ainda mais a prova as máquinas e seus pilotos.

Para disputá-la é preciso, além de muita perícia e preparo físico, uma grande dose de coragem, já que a maior parte das curvas são à beira de precipícios e não contam com qualquer tipo de proteção ou contensão.

Para superar novamente todos esses desafios, Rafael Paschoalin aposta na sua experiência em outras competições igualmente desafiadoras em que também foi o primeiro brasileiro a participar, como o Tourist Trophy na Ilha de Man e a North West 200, disputada na Irlanda no Norte.

Já no Pikes Peak, esta é a terceira vez que o piloto da Yamaha disputa essa prova. No ano passado, a bordo de uma Yamaha MT-07, Paschoalin conseguiu um histórico segundo lugar na categoria middleweight, até então, disputada por motos com capacidade cúbica entre 501 e 750cc. Contudo, para tornar o desafio deste ano ainda maior, a organização da competição alterou o regulamento, subindo a capacidade da categoria para motos de até 1000cc.

Veja também: Rafael Paschoalin faz história no motociclismo nacional.

Por conta disso, a vantagem que Paschoalin tinha em termos de desenvolvimento de sua MT-07 foi perdido, voltando à estaca zero todo o trabalho necessário para tornar sua moto, a já poderosa Yamaha MT-09, em uma máquina competitiva.

E por falar em MT-09, a fera com que Paschoalin correrá este ano tem a seu favor o motor de três cilindros de 847cc, que originalmente desenvolve o abundante torque de 8,92 Kgf.m. Na prática, esta característica a torna extremamente rápida nas acelerações e retomadas.

Rafael Paschoalin

As principais alterações sofridas na Yamaha MT-09 que disputará o Pikes Peak em 2018, foram a redução do tanque de combustível – para diminuição do centro de gravidade –, o rebaixamento da suspensão dianteira, a utilização de um sistema de escapamento esportivo, o remapeamento da injeção eletrônica e a eliminação de peso, abolindo itens desnecessários em uma moto de corrida.

Segundo Rafael Paschoalin, “A MT-09 tem as mesmas qualidades da MT-07, porém no superlativo. Ela é uma motocicleta cujas respostas são extremamente rápidas, surpreende na agilidade e na rapidez com que é capaz de realizar as mudanças de direção entre uma curva e outra. Com ela, tenho a meu favor um torque monstruoso que garante acelerações e retomadas bem rápidas, tudo que uma motocicleta precisa para vencer em Pikes Peak. Mesmo com muito pouco tempo para desenvolvê-la e com alguns problemas que tive em uma peça aftermarket que utilizei para ganhar mais potência – que me colocaram em desvantagem na ordem de largada –, acredito que eu e minha MT-09 temos grandes chances de surpreender”.

A prova do Pikes Peak será disputada no próximo domingo (24/06), nos Estados Unidos. Acompanhe todas as informações sobre a participação do piloto Yamaha Rafael Paschoalin, com fotos e vídeos pelo Facebook, na Fan Page oficial da Yamaha www.facebook.com/yamahamotorbrasil e através do Instagram, em yamahabrasil.

Por: Imprensa Yamaha

Junior Rodrigues
Junior Rodrigueshttps://tudodemotos.com.br
Um cidadão que luta para vencer. Web designer, desenvolvedor web e editor ao mesmo. Já fui radialista, publicitário e até metalúrgico metaleiro. Acabei entrando e abraçando o mundo 2 rodas por influencia do meu irmão mais velho.
RELACIONADOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

MAIS ACESSADOS

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.