Plataforma de aluguel de motos para delivery recebeu investimento de fundador da Cyrella, ex-Ceo da Renner e da Fundação Estudar Alumni Partners

A Mottu acaba de fechar sua segunda rodada de investimentos, liderada pela Caravela Capital, fundo de venture capital com foco em startups tecnológicas early stage. A rodada de investimento, no valor de US$ 2 milhões, contou também com a participação de Elie Horn, fundador da Cyrella, José Galló, ex-CEO da Renner e da Fundação Estudar Alumni Partners.

Mottu: startup de aluguel de motos para delivery. Recebe 2 milhões de dólares de investimentos.
Mottu: startup de aluguel de motos para delivery. Recebe 2 milhões de dólares de investimentos.

Apesar da crise mundial causada pela pandemia de coronavírus, há quem ainda consiga encontrar boas oportunidades de negócio. E esse é o caso da Mottu, startup que aluga motos para delivery, setor que cresceu bastante com a necessidade de isolamento social. De fevereiro, quando foi criada, até agora, a Mottu recebeu o cadastro de mais de 15 mil pessoas interessadas no aluguel de motos.

“O venture capital é, por natureza, um investimento a longo prazo. Por isso, nosso fundo está sempre aberto a novos investimentos e, mesmo com a pandemia, seguimos conversando e analisando potenciais startups”, diz Lucas de Lima, cofundador da Caravela Capital. “Mas havia um interesse em startup de setores que cresceram nesse período, como e-commerce, telemedicina e delivery, por exemplo.”

Para Lucas, três pontos são muito importantes na análise que a Caravela faz das startups em que vai investir: tamanho de mercado, inovação e escalabilidade. “Avaliamos se a startup desenvolve um produto ou serviço para um mercado relevante. Também precisa ser algo muito melhor do que o que já existem no mercado ou criar um novo mercado. Além disso, a empresa deve ter uma base que facilite o alcance para outras cidades, para o País todo e até para outros lugares do mundo.”

Com senso de oportunidade e visão de futuro, a Mottu cumpriu todas essas diretrizes. E o foco de Rubens Zanelatto, idealizador da plataforma é crescer de maneira sustentável o mais rápido possível, usando os recursos para investir em tecnologia, começar o processo de expansão e criar as vantagens competitivas do negócio.

Segundo Rubens “O time está muito feliz em poder ajudar a população gerar renda através de uma Mottu nesse momento em que o país passa por um momento difícil.”

Sobre Caravela Capital   –   A Caravela Capital é um fundo de investimento com foco em empresas early stage. Fundada em Curitiba (PR), seu foco é em startups inseridas em grandes mercados e com alto potencial de escalabilidade. Com R$75 milhões disponíveis para aporte, a Caravela Capital também oferece um trabalho completo em mentoria e follow on de suas empresas investidas, fomentando o crescimento de mais unicórnios no país.

Sobre a Mottu   –  Lançada em fevereiro de 2020, a Mottu é uma plataforma pioneira que aluga motos para entregadores de aplicativo. Atualmente, conta com uma frota de mais de 400 motos e cerca de 15 mil motoboys cadastrados.

Deixe uma resposta