Depois de um desempenho impecável e uma última volta excepcional, Franco Morbidelli (Petronas Yamaha SRT) conquistou a terceira vitória de 2020 no Grande Prêmio de Valência. A última volta foi sensacional, com uma batalha fenomenal com Jack Miller (Pramac Racing) pela primeira posição. O piloto ítalo-brasileiro acabou conseguindo vencer depois de pelo menos duas trocas de posições pela liderança.

MotoGP: Franco Morbidelli vence o GP de Valência, Joan Mir conquista seu primeiro título
Franco Morbidelli (Petronas Yamaha SRT) conquistou a terceira vitória de 2020 no Grande Prêmio de Valência

Foi um início perfeito para Morbidelli, que manteve a liderança desde a pole na primeira volta e começou a marcar as voltas mais rápidas no início. Mantendo a posição na frente do campo, o italiano foi capaz de aumentar a diferença para mais de um segundo à frente do piloto mais próximo no meio da corrida. Gerenciando a liderança até a última volta, Franco fez um último esforço excepcional para segurar Jack Miller e garantir sua terceira vitória em 2020. Morbidelli é agora o segundo na classificação da MotoGP com 142 pontos.

Palavras de Franco:
“Foi a melhor vitória do ano, talvez até a melhor da minha vida! Foi uma corrida complicada: senti que tínhamos um bom potencial durante todo o fim-de-semana, mas depois optámos pelo pneu dianteiro duro na corrida e tive para mudar um pouco o meu estilo de pilotagem. Não conseguia me afastar de Jack [Miller] como queria, apesar de tentar tanto, e sabia que ele seria um forte competidor se chegasse perto de mim. Era tudo uma questão de dar mais do que você na última volta e foi isso que nós dois fizemos. Tivemos uma luta muito boa e limpa. Sempre gostei de lutar contra Jack porque ele é duro, mas limpo em suas batalhas, e ele estava forte hoje, então parabéns a Estou muito feliz com a vitória de hoje, então obrigado à equipe também. Também quero dar os parabéns a Joan [Mir] por ter conquistado o título este ano; ele tem sido um competidor muito forte este ano.”

O piloto da Suzuki, Joan Mir, conquista o título em Valência, cruzando a linha de chegada em sétimo após uma campanha consistente
O piloto da Suzuki, Joan Mir, conquista o título em Valência, cruzando a linha de chegada em sétimo após uma campanha consistente

Joan Mir e o seu primeiro título pela equipe Suzuki

O piloto da Suzuki conquista o título em Valência, cruzando a linha de chegada em sétimo após uma campanha consistente

Joan Mir (Team Suzuki Ecstar) é o Campeão do Mundo da MotoGP de 2020. Depois de seis pódios e uma vitória no GP da Europa, o espanhol tinha 37 pontos de vantagem na segunda rodada em Valência e nada abalou o piloto da Suzuki. Um sétimo lugar defendido até a última curva garantiu-lhe o título, tornando-se o primeiro Campeão de Moto3 a ganhar o título da categoria rainha e o primeiro a fazê-lo pela Suzuki depois de 20 anos.

Mir acabou sendo o piloto mais jovem a conquistar um título pela categoria principal, aos 23 anos e 79 dias. Antes dele, Jorge Lorenzo havia conseguido o feito aos 23 anos e 159 dias.

Franco Morbidelli travou uma batalha fenomenal com Jack Miller pela primeira posição na última volta
Franco Morbidelli travou uma batalha fenomenal com Jack Miller pela primeira posição na última volta

A corrida em do Grande Prêmio de Valência terminou assim – Top 10:

1. Franco Morbidelli (Petronas Yamaha SRT)
2. Jack Miller (Pramac Racing) + 0,093
3. Pol Espargaro (Red Bull KTM Factory Racing) + 3,006
4. Alex Rins (Equipe Suzuki Ecstar) + 3,697
5. Brad Binder (Red Bull KTM Factory Racing) + 4.127
6. Miguel Oliveira (Red Bull KTM Tech3) + 7.272
7. Joan Mir (Team Suzuki Ecstar) + 8.703
8. Andrea Dovizioso (Ducati Team) + 8.729
9. Aleix Espargaro (Aprilia Racing Team) Gresini) + 15.512
10. Maverick Viñales (Monster Energy Yamaha MotoGP) + 19.043

A próxima etapa será o Grande Prêmio de Portugal no próximo fim de semana (20-22 de novembro), a última jornada de MotoGP de 2020.

Deixe uma resposta