Grande parte dos motociclistas está enfrentando um período de inatividade devido a pandemia do coronavírus. Diante disso, aumentam a cada dia as dúvidas relacionadas à bateria da moto, à sua durabilidade e recarga, já que muitas descarregam quando ficam muito tempo sem uso.

Rodar com a motocicleta mantém a bateria da moto carregada
Rodar com a motocicleta mantém a bateria da moto carregada

A Motobatt, fabricante mundial de baterias, responde a algumas perguntas e passa dicas de como cuidar deste item tão importante da moto em época de isolamento social, manter a sua carga saudável e poupar dores de cabeça indesejadas.

Porque a bateria descarrega?

É importante saber que o principal motivo para uma bateria descarregar é quando a moto fica parada por um longo período. Mas, existem outros para que isso aconteça, como percorrer apenas distâncias curtas, o que não permite que o sistema de carregamento seja completo. Acessórios elétricos excessivos em motocicletas também podem esgotar a bateria mais rapidamente, assim como acessórios ou fiação instalados com defeito ou incorretamente. Toda vez que uma bateria descarrega perde parte da capacidade de carregar novamente.

Quanto tempo a moto pode ficar parada até que a bateria descarregue?

A bateria de uma motocicleta descarrega após 2 a 4 meses sem funcionar. As mais atuais duram até um pouco mais: entre 3 a 5 meses, enquanto as mais antigas descarregam totalmente de 1 a 3 meses.

É possível recarregar a bateria da moto?

Sim, mas não é recomendável fazer isso muitas vezes. A natureza de uma bateria é que sua capacidade de reter uma carga é reduzida toda vez que ela ‘morre’. Deixar a bateria descarregar por várias vezes pode danificá-la permanentemente, por isso o ideal é não deixar que isso aconteça.

Só ligar a moto adianta?

Depois de colocar a motocicleta em funcionamento, o ideal é rodar por um bom tempo para que a bateria recarregue totalmente. Em marcha lenta a moto não produzirá voltagem suficiente para recarregar a bateria, portanto, não a carregará de maneira confiável. Algumas baterias não têm um CCA alto, o que faz com que não aguentem a primeira partida. Isso não acontece com as baterias Motobatt, que além de ter um CCA bem alto, possibilitam a personalização, podendo ser utilizadas tanto em motos originais quanto em motos grandes e mais potentes. CCA é o primeiro start da bateria, o que requer uma grande carga de energia ao ligar a motocicleta.

Com qual frequência preciso rodar com a moto para carregar a bateria?

Para uma bateria saudável, recomenda-se uma carga completa a cada 30 dias, no mínimo. Em motocicletas com componentes eletrônicos avançados, acessórios ou um sistema de alarme, a bateria descarrega ainda mais rápido. Por esse motivo, para quem anda menos de uma vez por semana, é recomendado ter um carregador de bateria.

Carregador de bateria da moto a prova d´água Water Boy - Foto: Divulgação
Carregador de bateria da moto a prova d´água Water Boy – Foto: Divulgação

Como posso identificar que a bateria da moto está acabando sem ficar na mão? 

Partidas lentas são o sinal mais óbvio de que uma bateria que está acabando, mas a melhor maneira de se prevenir é testá-la. A Motobatt tem disponível no Brasil o testador de bateria com simulação de partida controlado por microprocessador e corpo em metal resistente com três funções: checagem de polaridade, teste de carga da bateria e teste de leitor de sistema de carregamento. Ele desliga a carga automaticamente após 10 segundos segurando a voltagem.

Como posso carregar a minha bateria?

Utilize os carregadores de bateria. Os da Motobatt, por exemplo, são leves e inteligentes, pois conseguem monitorar constantemente a bateria e garantir que ela esteja sempre em excelente forma. Eles liberam uma pequena carga na bateria, mesmo quando está totalmente carregada, evitando estufamentos, entre outros danos. Estão disponíveis os modelos Baby Boy (2Ah a 20Ah) e Water Boy (2Ah a 33 Ah).

Qual a linha de baterias indicada para a minha moto?

Atualmente, no mercado existem as linhas GEL e AGM. As baterias Gel possuem uma solução em forma de gel eletrólito que diminuiu a perda de líquidos, sendo indicada para motos de uso diário e menor cilindrada. Já as baterias AGM possuem separadores de lãs de vidro: material absorvente que a torna resistente a vibrações. Essa tecnologia proporciona o ciclo de energia por mais tempo, garantindo maior eficiência e vida útil. É ideal para motocicletas com muitas funções eletrônicas, de alta performance e alta cilindrada.

Por: Engenharia de Comunicação

Deixe uma resposta