InícioMarcasKawasakiCinquentona! Linha Z da Kawasaki comemora meio século.

Cinquentona! Linha Z da Kawasaki comemora meio século.

Lançada em 1972, com a apresentação da Z1, a ‘Linha Z’ completa 50 anos. Neste período foram apresentados quase 90 modelos, que receberam diversas tecnologias e designs que marcaram gerações.

Este ano é de comemoração para a Kawasaki. Em 2022, a “Linha Z” completa 50 anos de seu primeiro lançamento mundial. Ao longo destas cinco décadas foram lançadas quase 90 diferentes versões, incluindo motos custom, de competição e até mesmo modelos utilizados pela polícia. A “Família Z” influenciou o mundo da motovelocidade, apresentando motos campeãs, e também revolucionou a pilotagem urbana, com o desenvolvimento de tecnologias inovadoras, como a injeção eletrônica e o sistema de freios ABS Kawasaki. Tão longeva como a própria fabricante japonesa, a “Linha Z” superou o tempo e cunhou termos bem atuais como supernaked e “conceito Sugomi”.

O início da Linha Z em 1972

O início dessa história remonta a 1972, com a apresentação da Kawasaki Z1, também conhecida por “900 Super Four“. Utilizando a mais avançada tecnologia da época, o lançamento redefiniu o mundo do motociclismo de alto desempenho. A Z1 foi a primeira moto esportiva de produção em massa equipada com um motor DOHC de 4 cilindros em linha, tecnologia então encontrada apenas nos protótipos de corrida ou em motos esportivas de produção limitada. Com um propulsor de 903 cm³, o primeiro lançamento da Série Z ficou conhecido, não só por ser a motocicleta mais rápida da sua época, como também por sua confiabilidade e durabilidade. O sucesso foi imediato e a Z1 conquistou o mercado mundial, abrindo assim as portas para toda uma geração de motos da Família Z. Apenas por curiosidade, a escolha do nome não foi nada aleatória. A letra “Z” foi eleita por ser a última do alfabeto, ou seja, a mais extrema, enquanto o numeral “1” representava o primeiro do mundo.

O inicio da linha Z: 900 Super Four
O inicio da linha Z: 900 Super Four

Ao longo dos anos 1970, a Kawasaki apresentou cerca de 20 versões e atualizações das Z Bikes. A linha de competição recebeu a Z1 Endurance Racer (1974). Os estradeiros foram contemplados com a custom Z650C (1977).

Z1 Endurance Racer (1974)
Z1 Endurance Racer (1974)

Mas o grande o marco foi o lançamento da Z1000 (1977). Equipada com um poderoso motor quadricilíndrico de 1.015 cm³ e transmissão de cinco marchas, o modelo podia facilmente ultrapassar os 200 quilômetros por hora. No mesmo ano, a moto ganhou sua versão café racer, batizada de Z1-R. Projetada nos Estados Unidos, ela trazia algumas modificações como, por exemplo, tanque do combustível mais fino, escapamento 4 em 1 e rodas de liga leve.

1977_Z1000
Z1000 (1977)

Os anos de 1980 chegaram trazendo ao mercado a segunda geração da Linha Z. Com a reputação de alto desempenho e durabilidade já conquistados mundialmente, os novos lançamentos passaram a ser conhecidos também por seu estilo atraente e por oferecer uma pilotagem ainda mais amigável. Nas pistas, modelos baseados na Z1000 acumularam inúmeras vitórias, que trouxeram ainda mais tecnologia para as motos de rua.

camisetas de motociclismo
Linha Z na década de 80: Z1100GP
Linha Z na década de 80: Z1100GP

Este foi o caso da Z1100GP (1981). Equipada com um motor de 1.089 cm³ e painel de instrumentos retangular exclusivo, o modelo foi um dos pioneiros a utilizar o sistema de injeção eletrônica (Kawasaki Electronic Fuel Injection), evolução que permitiu maior eficiência no fornecimento de combustível, adicionando ainda mais potência e contribuindo para a redução do consumo de gasolina.

Ainda na década de 80, mais precisamente em 1985, a GPZ 900R ficaria especialmente famosa no cinema. Trata-se da moto da Linha Z utilizada no filme Top Gun: Ases Indomáveis. Na continuação do filme, Top Gun: Maverick – 2022, ela aparece novamente.

GPZ 900R
GPZ 900R (Top Gun)

Na década seguinte, com a aparição das Ninjas, os modelos da Série Z passaram a dedicar maior atenção a parte visual, o que tornou o seu design ainda mais impressionante. Os modelos das linhas Zephyr e ZRX, com as mais diversas cilindradas, marcaram essa geração. Porém, a grande mudança veio com a virada do milênio. Repletas de tecnologia e utilizando sistema ABS de freios, a nova Z1000 (2003) remontou às origens e trouxe as virtudes tradicionais das Z Bikes.

Z1000 (2003)
Z1000 (2003)

Ou seja, uma esportiva de alto desempenho que prioriza a diversão. Com chassi mais leve, guidão alto e um motor potente, agora reajustado para oferecer maior torque em médias e baixas rotações, a Z1000 do início do “Século 20” ganhou um estilo ultramoderno, visual agressivo e inaugurou um novo subgênero: o das supernakeds.

Z900 em outubro nas concessionárias autorizada Kawasaki
Z900 Supernaked – um dos principais lançamentos de 2017

Após ter conquistado o mundo e se tornado referência na indústria automobilística, uma nova e impactante mudança na Linha Z estava por vir nos idos de 2010. E o nome dela chamava-se Sugomi, que traduzido do japonês para português significa, literalmente, “incrível”. O novo conceito trouxe um design arrojado para as Z Bikes, com linhas ainda mais agressivas e uma maior conexão entre piloto e máquina. Este formato segue presente nas motos do atual line-up da Linha Z, disponíveis nas Concessionárias Autorizadas Kawasaki, que incluem os modelos Z1000, Z900, Z650 e Z400.

Por fim, neste mesmo período, um movimento mundial com apelo “retrô”, paralelamente, ganhou força no mercado. A resposta da Kawasaki veio com a apresentação dos lançamentos Z900RS e a Z900RS Café, modelos que carregam as antigas curvas que remetem ao visual original da Z1 setentista.

Kawasaki Z900RS Café
Kawasaki Z900RS Café
Junior Rodrigues
Junior Rodrigueshttps://tudodemotos.com.br
Um cidadão que luta para vencer. Web designer, desenvolvedor web e editor ao mesmo. Já fui radialista, publicitário e até metalúrgico metaleiro. Acabei entrando e abraçando o mundo 2 rodas por influencia do meu irmão mais velho.
RELACIONADOS
  1. As kavazaki sempre foram lindas e muito interessantes, porém aqui no Brasil, só até meados.de 76 elas apareceram por aqui em poucas unidades, por proibição de importação, só conheço os modelos maiores através de revistas especializadas como.Duas rodas, e outras, é bom que atualmente como só tínhamos duas concorrentes principais entr si, Honda e Yamaha,é bom saber que agora ela w outras marcas chineses estão entrando no mercados, pois como se.diz a.concorrencia assinada faz com que a competitividade nos dê mais.escolhas de modelos de pequenas médias e.grandes modelos fazendo que o preço seja mais competitivo para baixo, e não esses preços absurdos aí apresentados…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Captcha verification failed!
Falha na pontuação do usuário captcha. Por favor, entre em contato conosco!

MAIS ACESSADOS

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.