GP Cascavel (PR) é próximo desafio do Moto 1000 GP
Grid da etapa que decidiu o título brasileiro de 2014 na categoria GP Light em Cascavel
Foto: Equipe Sanderson/Grelak Comunicação
Moto 1000 GP terá corridas da segunda etapa, neste domingo, no único circuito do calendário que oferece médias acima dos 170 km/h
Único palco do Moto 1000 GP que proporciona médias de velocidade superiores aos 170 km/h, o Autódromo Internacional Zilmar Beux, em Cascavel (PR), volta a receber os principais pilotos do país nesta semana, para treinos e corridas da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. O GP Cascavel será desenvolvido no domingo (31), confrontando mais de 80 pilotos do Brasil e do exterior nas quatro categorias em disputa.
A programação do GP Cascavel prevê a disputa de quatro corridas, nas categorias GP 1000, GP 600, GP Light e GPR 250. As disputas englobam sete marcas de motocicletas, o que frisa um dos propósitos principais do Brasileiro: a equiparação técnica entre BMW, Ducati, Honda, Kawasaki, Suzuki, Triumph e Yamaha. Todas as marcas representadas na pista no GP Petrobras, disputado em Curitiba no dia 3 de maio, levaram seus pilotos ao pódio.
O público cascavelense, sempre um dos mais participativos e atuantes do calendário do Moto 1000 GP, terá entre as atrações das provas da segunda etapa de 2015 a disputa entre os pilotos brasileiros e estrangeiros, sobretudo na GP 1000 – o GP Petrobras terminou com pilotos de cinco nacionalidades nas cinco primeiras posições da principal categoria do campeonato. As quatro categorias em disputa são lideradas por pilotos de três marcas diferentes.

INGRESSOS E CREDENCIAIS

A relação de pontos de venda de ingressos e credenciais em Cascavel inclui Alvorada Motos Kawasaki, Auto Posto Green, Auto Posto Maçarico, E. Parts Peças e Acessórios, Kemeron Motos, Moto Giro, Motopark, Star News, Sthar Films, Posto Brasil e Restaurante Santa Felicidade. Toledo tem Status Motos e Yamaha Sodder como pontos de venda; Foz do Iguaçu disponibiliza na Honda Motec. A compra pode ser feita pelo site okingressos.com.br
Os ingressos de arquibancada custam R$ 18. Credenciais Paddock Club GP, que dão acesso à área de boxes, têm preço de R$ 48. As credenciais para o camarote Vip Club GP, que inclui serviço de buffet e visitação aos boxes a qualquer horário, são vendidas a R$ 280. A compra antecipada dá direito a um boné bordado do Moto 1000 GP – no caso do Paddock Club GP, vale também uma credencial feminina adicional, com os mesmos acessos.

GP CASCAVEL – BRASILEIRO DE MOTOVELOCIDADE

(Os horários de treinos e corridas da segunda etapa do Moto 1000 GP)
Sexta-feira, 29 de maio
11h05 – primeiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)
11h35 – primeiro treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)
12h05 – primeiro treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)
12h35 – primeiro treino livre da GP Light (25 minutos)
13h05 – segundo treino livre da GPR 250 (25 minutos)
13h35 – segundo treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)
14h05 – segundo treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)
14h35 – segundo treino livre da GP Light (25 minutos)
15h05 – terceiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)
15h35 – terceiro treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)
16h05 – terceiro treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)
16h35 – terceiro treino livre da GP Light (25 minutos)
Sábado, 30 de maio
8h55 – quarto treino livre da GPR 250 (25 minutos)
9h25 – quarto treino livre da GP 600/GP 600 Evo (25 minutos)
9h55 – quarto treino livre da GP 1000/GP 1000 Evo (25 minutos)
10h25 – quarto treino livre da GP Light (25 minutos)
11h05 – Q1 da GPR 250 (20 minutos)
11h30 – Q1 da GP 600/GP 600 Evo (20 minutos)
13h10 – Q1 da GP 1000/GP 1000 Evo (20 minutos)
13h40 – Q1 da GP Light (20 minutos)
14h10 – Q2 da GPR 250 (10 minutos)
14h30 – Q2 da GP 600/GP 600 Evo (10 minutos)
14h50 – Q2 da GP 1000/GP 1000 Evo (10 minutos)
15h10 – Q2 da GP Light (10 minutos)
Domingo, 31 de maio
8h10 – warm up da GPR 250 (10 minutos)
8h30 – warm up da GP 600/GP 600 Evo (10 minutos)
8h50 – warm up da GP Light (10 minutos)
9h10 – warm up da GP 1000/GP1000 Evo (10 minutos)
9h50 – largada da GPR 250 (13 voltas)
10h40 – largada da GP 600/GP 600 Evo (20 voltas)
11h35 – largada da GP Light (20 voltas)
12h30 – largada da GP 1000/GP 1000 Evo (23 voltas)
Informações Grelak Comunicação

Deixe uma resposta