MXF Enduro Team segue na preparação para a etapa Enduro FIM. que será realizada nos dias 10,11 e 12 de outubro

Acontece na cidade de Santa Cruz de Goiás, entre os dias 10, 11 e 12 de outubro, a 3ª etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM.

Juruna e sua MXF estarão disputando o Enduro FIM
Juruna e sua MXF estarão disputando o Enduro FIM

As equipes e pilotos estão a todo vapor após a retomada da competição, paralisada por conta da pandemia de Covid-19. A MXF Enduro Team, equipe curitibana que conta com pilotos em várias categorias, diz que o tempo “off” serviu para refinar e aprimorar as estratégias, mas que agora é hora de ir com tudo para cima dos adversários.

Após a etapa de Penha (SC), realizada nas dependências do Beto Carrero World, os pilotos da MXF tiveram uma boa noção do que enfrentarão no campeonato. Fernando Juruna, atual campeão da E-230 – agora competindo na E-4 -, ficou surpreso com o alto nível dos competidores. O piloto mineiro ficou em 2º lugar na etapa de Santa Catarina.

“Os pilotos voltaram voando, com tempos muito próximos. O nível estava altíssimo e foi muito disputado. Vou intensificar ainda mais a minha preparação física e mental para buscar o 1º lugar em Goiás”, diz Juruna.

Tinho Theodoro, que corre com MXF 250TS, sentiu a falta de ritmo por conta da paralisação e por não poder treinar com a moto por um tempo. Segundo avaliação do próprio piloto, isso fez com que alguns erros tirassem uma melhor colocação na etapa de retomada, mas que o foco agora é a prova de Santa Cruz de Goiás.

“Agora é tentar treinar o máximo possível para recuperar os pontos perdidos, pois ainda tem muito até o final do campeonato”, reforça Tinho Theodoro.

Outro piloto da MXF, na categoria E-2, Anderson “Caxopa”, sentiu a mudança de categoria. Ele, que foi campeão em 2019 da E-4, espera estar mais bem preparado para a próxima etapa. O piloto catarinense tem treinado duro para se adaptar à nova categoria e diz que sua MXF está “tinindo”.

“Com a volta regular das competições, a confiança na moto aumentou e os resultados certamente virão. Não vejo a hora de ir para Goiás”, diz confiante Caxopa, que intensificará sua rotina de treinamento até o início da etapa de Palmelo.

A estrutura da equipe MXF foi consenso entre todos os pilotos: tanto a equipe técnica quanto a infraestrutura estavam impecáveis, o que aumenta as expectativas para o campeonato.

“Com essa estrutura top e a galera da MXF dando todo o suporte, temos certeza de que os resultados só vão melhorar”, celebra Fernando Juruna.

Programação (*os horários podem ser alterados)

9 de Outubro (Sexta- Feira):
11:00 as 19:00 – Secretaria de Prova;
18:30 – Briefing da Prova;

10 de Outubro (Sábado):
07:30 às 10:00 – Vistoria Técnica e Guardar Motos no Parque Fechado;
10:00 – Largada dos dois primeiros pilotos;
16:00 – Pre-Finish – Paddock;
16:20 – Parque Fechado;
20:00 – Divulgação dos resultados oficiais do dia;

11 de Outubro (Domingo):
09:00 – Largada dos dois primeiros pilotos;
15:00 – Pre-Finish – Paddock;
15:20 – Parque Fechado;
20:00 – Divulgação dos resultados oficiais do dia;
12 de Outubro (Segunda-Feira):
09:00 – Largada dos dois primeiros pilotos;
13:30 – Parque Fechado;
15:00 – Divulgação dos resultados oficiais do dia e da prova,
15:30 – Premiação pelo Ranking dos 3 dias da prova;

Por: Engenharia de Comunicação e Imprensa CBE

Deixe uma resposta